Meu gato não quer comer e está triste. O que fazer?

Seu gato não quer comer e está triste? Estes problemas têm solução…

gato não quer comer e está triste

Quando o gato não quer comer, há uma série de consequências negativas para a saúde do animal.

Apesar de, para animais acima do peso, a perda de peso ser vista como algo positivo, é necessário que ela aconteça do jeito certo.

E o jeito certo não envolve a privação do alimento, mas sim o seu controle.

Em relação a animais que estão no peso certo, então, nem se fala...

Caso o gato não queira comer e esteja triste, é preciso identificar a raiz do problema, para então buscar uma solução viável.

Ao longo deste artigo, exploraremos mais o assunto. Confira...

Por que meu gato não quer comer?

Abaixo, listamos as possíveis razões para o seu gato não querer comer.

Tristeza

O Problema: assim como acontece com os humanos, a tristeza nos gatos gera muita desmotivação.

Um gato triste, além de não querer comer, não terá vontade de gastar energia (brincando, saindo para fora de casa ou interagindo com outros gatos e humanos).

Entender que estes animais têm sentimentos e emoções ajuda os donos de gatos a lidarem melhor com eles.

A Solução: estimule positivamente o seu gato. Passe um tempo de qualidade com ele, dê carinho e atenção.

Entenda que mudar esse estado de tristeza pode levar algum tempo, mas com persistência vocês chegarão lá.

Certamente, não é só a tristeza que faz o gato não querer comer…

… Por isso, seguem mais motivos que podem estar causando isso no seu gato.

Mudança de ambiente

O Problema: a mudança de ambiente envolve viagens, uma alteração no arranjo dos móveis na casa (ou no ambiente no qual o gato fica mais, e até mesmo a moradia noutra casa).

Com a mudança de ambiente, é natural que o gato se sinta desconfortável..

A partir disso, é uma questão dele se adaptar ao novo lar.

Uma vez que ele estiver confortável e conhecer o local, passará a comer e realizar suas outras atividades como era de costume.

A Solução: estimule e permita que seu gato conheça o novo ambiente. Leve-o a diferentes cantos e mostre que ele é querido ali e não há por que ele se sentir desconfortável.

Você pode colocar brinquedos em locais estratégicos, também.

Foi vacinado recentemente

O Problema: não é raro vacinas manifestarem efeitos colaterais de leves a moderados nos animais. 

Se o seu gato foi vacinado recentemente, pode ser que isso tenha gerado um cansaço e diminuição de sua energia.

A Solução: nesse caso, o esperado é que o ânimo e comportamento do felino voltem ao normal dentro de poucos dias.

Caso passe semanas e seu gato continue sem querer comer, recomendamos que você procure um veterinário de confiança para averiguar essa situação.

Problemas psicológicos

O Problema: problemas psicológicos como um todo também podem ser motivos para o seu gato não querer comer.

Estes problemas são causados principalmente por traumas…

A Solução: para melhorar o estado psicológico do seu gato, é necessário avaliar tudo aquilo que o cerca e pode gerar estresse.

Além de dar atenção e carinho ao seu pet, analise se o seu comportamento (e de outras pessoas que mantêm contato com o gato) não é inadequado.

O gato precisa de certa liberdade, assim como você…

… Caso julgue necessário, não hesite em recorrer a um especialista em comportamento felino.

Condições médicas

O Problema: além do que foi citado até então, pode ser que seu gato não queira comer por estar fisicamente doente.

Doenças comuns que afetam o apetite e humor do gato incluem:

  • dor de dente: dente quebrado, raiz do dente com abscesso, tumor oral, etc;
  • pancreatite (pâncreas inflamado);
  • obstrução urinária;
  • obstrução digestiva;
  • constipação;
  • infecção respiratória superior;
  • doença renal.

A Solução:  nestes casos, não há outra saída… 

O mais recomendado é que você procure por um veterinário de confiança para tratar do seu gato.

Como fazer meu gato comer?

Em primeiro lugar, você pode garantir que seu gato esteja confortável e seguro.

Permita que ele fique algum tempo longe de outros cães e gatos que possam estar fazendo-o sentir que precisa competir por atenção, bons locais para dormir e até mesmo comida. 

Os gatos respondem ao carinho e amor, e se você passar algum tempo sentado com ele, dando atenção e colocando pequenos pedaços de comida em seu dedo para serem lambidos será um bom começo.

Usar alimentos de sabor e odor fortes, como peixe, frango ou camarão, também pode ajudar.

Se o seu gato tem que evitar muito sal ou algum outro ingrediente como parte de uma dieta, vale a pena verificar com seu veterinário se determinados alimentos estão fora do cardápio... 

O veterinário pode até prescrever um alimento especialmente desenvolvido para ajudar na recuperação do seu gato.

Ofereça pedacinhos de comida a ele, elogiando-o com frequência, e fique por perto se é isso que o tranquiliza e o ajuda a relaxar e se alimentar. 

Se o gato não quiser comer, retire a comida e tente novamente mais tarde.

Lidando melhor com seu gato

gato nao quer comer e está triste o que fazer

Além de o gato não querer comer, ao longo da sua convivência com ele, surgirão novos empecilhos e situações que exigirão uma aproximação mais íntima e técnica a respeito do comportamento felino.

Para lidar com essas situações, seria interessante você compreender mais sobre a linguagem corporal dos gatos e o idioma felino…

... Te convidamos a conhecer mais o trabalho da Silvia Komatsu e seu e-book, Idioma Felino.

Ele reúne uma série de conhecimentos sobre a linguagem dos gatos que, sem dúvidas, te ajudará a manter um bom relacionamento com o seu pet.

Postar um comentário

0 Comentários